Conheça o Sparta de Tocantins, time inspirado no Ceará - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar
América Mineiro   Atlético Mineiro   Atlético Paranaense   Bahia   Botafogo   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cruzeiro   Flamengo   Fluminense   Grêmio   Internacional   Palmeiras   Paraná   Santos   São Paulo   Sport   Vasco   Vitória   Atlético Goianiense   Avaí   Boa Esporte   Brasil - RS   Coritiba   CRB   Criciuma   CSA   Figueirense   Goias   Guarani   Juventude   Londrina   Oeste   Paysandu   Ponte Preta   Sampaio Corrêa   Santa Cruz   São Bento (SBN)   Vila Nova  

Conheça o Sparta de Tocantins, time inspirado no Ceará

 
05/02/2018 16h52, Colaboração de Ideídes Guedes
 
20 Sparta de Tocantins vice campeão do estadual em 2017 (Foto: www.avozdesantaquiteria.com.br)
Sparta de Tocantins vice campeão do estadual em 2017 (Foto: www.avozdesantaquiteria.com.br)

No bairro de Jardim Filadélfia, em Araguaína, cidade de 174 mil habitantes, localizada no norte de Tocantins, um time com o escudo idêntico e inspirado no Ceará foi criado há onze anos e vem ganhando destaque no cenário local. O clube é a Sociedade Desportiva Sparta, pertencente à Primeira Divisão do Estado, fundado por um ex-jogador e um grupo de amigos apaixonados por futebol.

Em fevereiro de 2006, Divino Fernandes Pedro, mais conhecido como Fernando Brasília, fundou o clube. Juntou nove pessoas, dentre eles empresários e irmãos e bolaram o nome, Sparta - sem alusão aos clubes europeus: Sparta Praga (TCH) ou Sparta Rotterdam (HOL).
O escudo é parecido com o do Alvinegro de Porangabuçu, com algumas diferenças: o acréscimo das cores azul celeste e amarelo ouro. A inspiração maior foi o Ceará do qual Fernando tem um enorme carinho. "Meu pai era nordestino e torcedor do Ceará. Eu nasci em Brasília.

 

Escudo do Spatar  (Foto: Assessoria)
Escudo do Spatar (Foto: Assessoria)

 

Queria homenagear de alguma forma ele e meu patrão que também torcia para o clube. Não torço para nenhum time no País, mas tenho grande admiração pelo Alvinegro cearense e pelo Grêmio", declarou o fundador que também é técnico da equipe. O intuito era criar um emblema no estilo de Ponte Preta, Bragantino, Santos e do Vovô, acrescentando as cores tricolor gaúcho.

Sonho

Primeiramente, a ideia era criar uma academia de futebol, com o intuito de dar oportunidades a crianças e adolescentes das zonas periféricas de Araguaína. No entanto, o projeto inovador para a região se expandiu e o time, em três anos de profissional, chegou à elite do futebol tocantinense. "Eu fui jogador. Quando a gente termina a carreira não quer sair desse mundo do futebol. Tinha o sonho de montar uma escolinha e revelar talentos aqui da terra", disse Fernando Brasília.

Atualmente, o projeto social conta com 150 meninos e 16 meninas. Essas crianças e adolescentes são captadas das comunidades mais pobres da cidade. A luta para manter o projeto é constante. O programa de iniciação esportiva conta com a parceria da Secretaria de Educação do Município e oferece 50 bolsas para alunos que estejam devidamente matriculados na rede pública de ensino. Estes alunos participam dos treinos no contraturno escolar.

Destaques

Nomes como Lucca, atacante da Ponte Preta e atual artilheiro do Campeonato Paulista com cinco gols, e do zagueiro Neris, titular do Internacional, foram revelados no projeto. O time da "Cidade econômica do estado", só se tornou profissional em 2013, quando disputou, pela primeira vez, a Segundona do Tocantins. Três anos depois, em 2016, o Sparta conquistou a Série B, após duas vitórias sobre o Colina, o que lhe deu a garantia de disputar a Primeira Divisão estadual neste ano. A equipe até então, só tinha conquistado um título ainda no amadorismo e sequer havia chegado na reta final da competição.
O clube aposta nos valores da casa e conta apenas com quatro jogadores de fora, dos 35 que compõem o plantel. A média salarial varia entre um salário mínimo a R$ 1, 5 mil. Em 2017, o Sparta começou a caminhada no Tocantinense com um empate de 2 a 2, fora de casa, contra o Tocantinópolis. As duas equipes fazem parte do grupo B junto com Tocantins e Colinas. Os dois primeiros passam para a segunda fase, disputando as semifinais. "Penso em voos mais altos e sonho a classificação para a Série D e a Copa Verde. Seria um salto", comentou.

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Professora de Ariquemes realiza sonho de assistir o Mengão no Maracanã
• Campeonato Brasileiro de Ciclismo termina com Ariquemense no pódio
• Série B: Atacante Gabriel Vasconcelos é mais um reforço para o São Bento

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: alexandrejaba1@gmail.com

© 2018 - Todos os direitos estão reservados - Conheça o Sparta de Tocantins, time inspirado no Ceará - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco