Athletico Paranaense   Atlético Mineiro   Avaí   Bahia   Botafogo   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cruzeiro   CSA   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Goias   Grêmio   Internacional   Palmeiras   Santos   São Paulo   Vasco   América Mineiro   Atlético Goianiense   Botafogo-SP   Bragantino   Brasil - RS   Coritiba   CRB   Criciuma   Cuiabá   Figueirense   Guarani   Londrina   Oeste   Operário-PR   Paraná   Ponte Preta   São Bento (SBN)   Sport   Vila Nova   Vitória  

Copa São Paulo de futebol júnior começa nesta quarta-feira com 128 clubes

 
Competição chega à 50ª edição com jogador já vendido para o futebol inglês.
02/01/2019 06h42, Globoesporte.com
 
20 Real Ariquemes de Rondônia estreia dia 03 contra o Juventude-RS. (Foto: Josiel Silva)
Real Ariquemes de Rondônia estreia dia 03 contra o Juventude-RS. (Foto: Josiel Silva)

Democrática, vitrine de grandes talentos e, agora, cinquentona. A Copa São Paulo de futebol júnior terá a partir desta quarta-feira a sua 50ª edição com números impressionantes: 128 clubes, 30 sedes dentro do estado de São Paulo e mais de três mil jogadores.

O Flamengo é o atual campeão, enquanto o Corinthians é detentor do maior número de títulos: 10. O Palmeiras, por sua vez, ainda sofre com o jejum na competição. E tinha tudo para acabar com essa dificuldade de levantar a taça, mas terá a vida dificultada já que cedeu nada menos do que sete jogadores para a seleção brasileira sub-20 que disputará a partir de janeiro o Sul-Americano da categoria no Chile.

Entre as apostas para revelação da Copinha estão nomes como Fessin, do Corinthians, Reinier, do Flamengo, que tem multa rescisória de mais de R$ 300 milhões, e João Pedro, do Fluminense, este já negociado com o Watford, da Inglaterra, em acordo que pode chegar a mais de R$ 40 milhões. E na mesma medida que nascem bons jogadores na competição - como Neymar, Gabriel Jesus, Kaká, entre muitos outros - surgem as histórias curiosas.

Passagens só de ida

Parte do elenco do Trem, do Amapá, viajou nesta madrugada e a outra metade embarca na quarta-feira rumo a São Paulo. Sem ajuda da Federação Amapaense de Futebol e do governo, a diretoria da Locomotiva conseguiu apenas as passagens de ida para o estado paulista. 

Já o Galvez, do Acre, vai acabar economizando na passagem já que teve baixa de cinco jogadores pouco tempo antes da viagem. Motivo: caxumba que pegou parte do elenco.al 

Real Ariquemes de Rondônia chegou em Guaratinguetá-SP na virada do ano, o clube não teve ajuda nas passagens aéreas do ex governador e só comprou as passagens de ida. 

Rival do Flamengo na estreia, o River-PI precisou encontrar uma solução para diminuir o desgaste da viagem de cerca de 2.500km entre Teresina e Jagariúna, no interior paulista. Em parte do trajeto, feito inteiro de ônibus, a delegação precisou intercalar paradas na estrada. Em uma delas, na cidade de Eliseu Martins, no extremo sul piauiense, o time nordestino fez um treino físico a céu aberto em uma quadra pública da cidade. 

 

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Real Ariquemes estreia dia 04 de maio na Série D em Rio Branco-AC
• Vem reformulação no Real Ariquemes para o Brasileirão da Série D
• Real termina o estadual em 3º lugar e vai disputar a Copa Verde em 2020

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: alexandrejaba1@gmail.com

© 2019 - Todos os direitos estão reservados - Copa São Paulo de futebol júnior começa nesta quarta-feira com 128 clubes - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco