Athletico Paranaense   Atlético Mineiro   Avaí   Bahia   Botafogo   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cruzeiro   CSA   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Goias   Grêmio   Internacional   Palmeiras   Santos   São Paulo   Vasco   América Mineiro   Atlético Goianiense   Botafogo-SP   Bragantino   Brasil - RS   Coritiba   CRB   Criciuma   Cuiabá   Figueirense   Guarani   Londrina   Oeste   Operário-PR   Paraná   Ponte Preta   São Bento (SBN)   Sport   Vila Nova   Vitória  

Presidente do TJD-RO dá um NÃO ao: Genus, Rondoniense, Porto Velho e sua Comissão Disciplinar

 
Por: Luis Carlos Pereira
09/07/2019 17h22, Blog Umas e Outras
 
20 LC ( Pereira) "Cancão".Blog  Umas e Outras (Foto: Arquivo Pessoal)
LC ( Pereira) "Cancão".Blog Umas e Outras (Foto: Arquivo Pessoal)

Através do Ofício nº 008/TJD/2019 do TJD-RO de, 02 de julho de 2019, assinado pelo Presidente Dr. Leandro Cavol, em resposta ao SC Genus, sobre o assunto: denúncia de atleta irregular, ele assim se expressa do alto de seu pedestal (ou que o cargo requer).

Passo a comentar somente os trechos mais relevantes da resposta do Presidente - pra quem não acompanhou o caso de perto - trata-se de uma denúncia feita por um clube federado, no caso SC Genus em desfavor de um atleta do Real Ariquemes, que participou de um jogo oficial no dia 29/06 de maneira irregular. Não havia cumprido os seis jogos de suspensão, e o TJD através do Presidente Dr. Leandro Cavol o havia liberado para participar do jogo.

"A presente denúncia é tempestiva", ou seja, estava no tempo hábil;
"Em decisão dessa presidência prolatada", significa que o presidente julgou a causa. (*) mas atenção: isso não quer dizer que a causa acabou, pois ainda pode ter recurso, e esta sentença pode ser modificada.
"Não conheço da presente denúncia por falta de recolhimento da taxa de recurso, anotando também a preclusão do direito", aqui o presidente entendeu que houve a perda de oportunidade, conferida por certo prazo.

Aqui algumas perguntas e sugestões.

Há 03 ou 04 anos atrás, esse mesmo Genus estava disputando um evento CBF, e seu atleta Guarate havia sido expulso no campeonato Série D, pegou dois jogos de suspensão havia cumprido UM, e quando jogou contra o Rio Branco-AC, a própria CBF através de seu DCO fez a denúncia junto ao STJD - resultado; novo julgamento e o Genus perdeu os pontos;

- O que eu quero dizer com isso; este é o momento do DCO/FFER através do Sr. Leandro Bratti juntar toda documentação que o SC Genus protocolou (junto ao TJD) e, para o bem geral do próprio DCO levar essa denúncia à frente.

- Quando falei que o presidente em decisão (quase) monocrática (ele diz que cosultou à Procuradoria. Ele diz NÃO até aos dois clubes citados: Rondoninese e PVH EC, sem contar ao próprio Genus e, até a 1ª CD que julgou dentro do que manda a Lei (CBJD).

- Por fim: quando o Sr. diz que "não reconhece da presente denúncia por falta de recolhimento da taxa", a equipe do denunciado também paga essa taxa ? 

(**) obs: tenho em mãos todos os documentos elaborado pelo Genus.

luiscarlospereira.blogspot.com/2019/07/presidente-do-tjd-ro-da-um-nao-ao-genus.html

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Mercado da Bola: Real Ariquemes acerta com atacante Leleco e o goleiro Rodrigo
• BOA NOTÍCIA: Emerson Bacas é o primeiro reforço do Real Ariquemes para 2020
• Mercado da bola: Guaporé confirma quatro reforços para o Rondoniense de 2020

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: alexandrejaba1@gmail.com

© 2019 - Todos os direitos estão reservados - Presidente do TJD-RO dá um NÃO ao: Genus, Rondoniense, Porto Velho e sua Comissão Disciplinar - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco