América Mineiro   Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Bragantino   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cuiabá   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Grêmio   Internacional   Juventude   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Avaí   Botafogo   Brasil - RS   Brusque   Confiança   Coritiba   CRB   Cruzeiro   CSA   Goias   Guarani   Londrina   Náutico   Operário-PR   Ponte Preta   Remo   Sampaio Corrêa   Vasco   Vila Nova   Vitória  
4

Benefícios da FFER a clubes no estadual passa de 100 Mil Reais

 
Prestações de contas da Federação de Rondônia ao público.
18/04/2020 17h08, Site Oficial da FFER/Informações LS Esportes
 
20 100 mil reais para os clubes de Rondônia, por cada estadual. (Foto: Divulgação)
100 mil reais para os clubes de Rondônia, por cada estadual. (Foto: Divulgação)

As federações estaduais de futebol são mentoras responsáveis pela organização do sistema que organiza, promove e dá cumprimento aos regulamentos dos campeonatos realizados pelas entidades de desporto, assim consideradas pela Lei 10.671/2003 - Estatuto da Defesa do Torcedor.

As federações são filiadas à CBF - Confederação Brasileira de Futebol e constituídas pelos clubes filiados, de direito civil privado, ou seja, cada um com seu CNPJ - Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, inscritos junto à Receita Federal. Os clubes têm por obrigação fazer prestação de contas anual e publicar inclusive no site oficial de sua federação.

SUSTENTABILIDADE

Os clubes são responsáveis por alto se sustentar, através de patrocinadores, sócios, bilheterias (jogos nos campeonatos), direito de arena e de imagem advindo da TV (direito de transmissão), entre outros meios de arrecadação criados pelos seus departamentos de marketing.

 

Sede oficial da Federação Rondoniense de Fuebol (Foto: FFER)
Sede oficial da Federação Rondoniense de Fuebol (Foto: FFER)

Falando de Rondônia, assim como em vários outros estados, as federações se tornam obrigadas a ajudar os filiados para as competições venham acontecer, principalmente, os participantes do campeonato profissional da 1ª divisão, competição que garante vaga para os campeonatos nacionais como Copa do Brasil, Série D e Copa Verde (se tiver continuidade).

CUSTOS

É bem verdade, que os clubes têm um custo elevado para participar do campeonato, porém sabedores das despesas constantes que a competição lhe custa. Como em cada partida, o custo com o borderô, onde são cobrados os impostos federais (INSS), custo maior nas despesas, taxa de arbitragem, taxa de delegados (em Rondônia apenas um), ingressos, seguro torcedor e 5% do valor bruto da arrecadação para a federação. Dados de borderôs dos estaduais dos campeonatos rondoniense.

As despesas maiores estão na contratação de atletas, comissão técnica e outros funcionários do quadro interno. Para registrar um atleta profissional (contrato definitivo) sem transferência, o clube desembolsa em media R$ 160,00, quando este atleta vem de um time de outro estado o valor médio passa para R$ 1.660,00, momento em que começa os apelos da maioria das agremiações a federação para solicitar a coirmã a transferência de seu atleta sem ônus para o mesmo.

BENEFÍCIOS CUSTEADOS

Mesmo com a maioria das federações não aceitando mais tais pedido, o presidente da entidade (federação) ainda consegue atender à solicitação de seus filiados, pagando para a federação de origem do pedido ou devolvendo da mesma forma, sem cobrança. Os pedidos por campeonato chegam em média a 35 (trinta e cinco) transferências totalizando R$ 52.500,00. (dados do Departamento de Registro e financeiro).

Profissionalização de atletas, chega em média a 15 (quinze) solicitações, totalizando 15.000,00. Para fazer cumprir o regulamento, assume o pagamento da taxa de arbitragem de vários jogos, em media de 8 (oito), totalizando cerca de R$ 12.000,00. Além de abrir mão dos direitos de arena, que deveria render na negociação com o direito de transmissão do campeonato pela TV, que é repassado aos clubes em forma de transporte (ônibus), média de R$ 50.000,00 por clube.

Todos os valores acima demonstrados, variam de clube para clube.

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Rondoniense Caio Barbosa faz o gol do título do Campeonato Sergipano Sub-15
• Dois membros da comissão técnica do Democratas de Valadares teve passagem pelo Real Ariquemes
• Vilhenense e Sant German fazem a Final do Rondoniense Sub-17

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: [email protected]

©2022 - Todos os direitos estão reservados - Benefícios da FFER a clubes no estadual passa de 100 Mil Reais - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar | CNPJ.: 41. 193. 592/0001-92

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco