América Mineiro   Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Bragantino   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cuiabá   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Grêmio   Internacional   Juventude   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Avaí   Botafogo   Brasil - RS   Brusque   Confiança   Coritiba   CRB   Cruzeiro   CSA   Goias   Guarani   Londrina   Náutico   Operário-PR   Ponte Preta   Remo   Sampaio Corrêa   Vasco   Vila Nova   Vitória  
4

Com distanciamento, álcool em gel e máscaras, academia de esportes retoma atividades em Vilhena

 
Adaptação ao uso de máscaras é complicada, mas educadora física diz que dá pra acostumar
30/04/2020 10h31, Folha do Sul / Rogério Perucci
 
20 “A gente tem tomado as medidas pedidas pelas autoridades de saúde”, explicou a profissional de educação física E (Foto: Divulgação)
“A gente tem tomado as medidas pedidas pelas autoridades de saúde”, explicou a profissional de educação física E (Foto: Divulgação)

Após decreto da Prefeitura de Vilhena que autorizou a reabertura de diversos segmentos do comércio e de serviços, os estabelecimentos tentam se adaptar a realidade de pandemia. Um desses setores é o das academias, que buscam atender ao seu público oferecendo um cenário de normalidade, mas com todos os cuidados exigidos pelos decretos municipal e estadual, e as orientações das organizações de saúde.  

A FOLHA DO SUL visitou uma academia no Centro da cidade para entender como está sendo a volta do vilhenense às atividades físicas.  “A gente tem tomado as medidas pedidas pelas autoridades de saúde”, explicou a profissional de educação física Elaine Costa, da Lion Fitness Academia.

De acordo com Costa, a academia, além de exigir o uso da máscaras, cobra a higienização das mãos assim que o aluno chega e fornece um kit pessoal de higienização. “Esse kit é composto de álcool e uma toalha para que cada um faça a higienização do aparelho antes de iniciar a atividade”, explica a profissional de educação física, antes de acrescentar: “Além do uso de máscaras, tomamos o cuidado de manter uma distância segura de no mínimo dois metros entre as pessoas”.

A educadora, que comemora a retomada das atividades, evidenciou a dificuldade pelo uso da máscara, que dificulta a respiração. “Está sendo um pouco complicado pela questão da adaptação à máscara, mas não é impossível, a gente acostuma”, disse.

Apaixonada pela musculação, Elaine conta que a prática de atividades esportivas a ajudou no período em casa. “Eu vou falar uma experiência pessoal: na primeira semana, o Brasil inteiro parou pra escutar dos médicos toda a orientação necessária e, assim como eu, acredito que todos ficaram pelo menos duas semanas absorvendo tudo o que tava acontecendo. Depois disso já começou a fase da adaptação à nova realidade. No meu caso, eu optei por fazer exercícios em casa, ao ar livre, respeitando o distanciamento necessário, e isso me ajudou”, pontuou.
 

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Confira o calendário dos times de Rondônia na Copinha-2023
• Disputa forte marca Final do Estadual de Motocross em Ji-Paraná
• Final do estadual de motocross ocorre em Ji-Paraná nos dias 3 e 4 de dezembro

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: [email protected]

©2022 - Todos os direitos estão reservados - Com distanciamento, álcool em gel e máscaras, academia de esportes retoma atividades em Vilhena - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar | CNPJ.: 41. 193. 592/0001-92

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco