Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Botafogo   Bragantino   Ceará   Corinthians   Coritiba   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Goias   Grêmio   Internacional   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Vasco   América Mineiro   Avaí   Botafogo-SP   Brasil - RS   Chapecoense   Confiança   CRB   Cruzeiro   CSA   Cuiabá   Figueirense   Guarani   Juventude   Náutico   Oeste   Operário-PR   Paraná   Ponte Preta   Sampaio Corrêa   Vitória  

Cezinha, maior artilheiro do Campeonato Rondoniense, relembra sua trajetória no futebol

 
Jogador foi artilheiro do Estadual em 2005, tendo feito 20 gols e em 2006, tendo feito 16
18/05/2020 17h49, Thaís Nauara/Globoesporte.com
 
20 Cezinha no Juniores do Palmeiras em 1993 (Foto: Arquivo Pessoal)
Cezinha no Juniores do Palmeiras em 1993 (Foto: Arquivo Pessoal)

Em 2005, os narradores de Rondônia repetiam incansavelmente, quase como um mantra: "Gol de Cezinha". O atacante do Ji-Paraná não levou o título naquele ano, mas, balançou a rede dos adversários 20 vezes. Esse é o maior número de gols feito por um jogador na era profissional do Campeonato Rondoniense. No ano seguinte, além de ficar no topo da artilharia novamente, tendo feito 16 gols, levantou a taça de Campeão de Rondônia com a Ulbra. Aos 47 anos, Cézar da Costa Oliveira, o Cezinha, se aposentou do futebol profissional e atualmente, disputa "peladas" em Ariquemes, cidade que reside em Rondônia.

- Comecei a jogar em Londrina em 1991, depois joguei no Palmeiras em 1993, nos juniores. Depois joguei no América de São José do Rio Preto, pelo Campeonato Paulista. Joguei na Ponte Preta e aí fui para Coreia do Sul. Aí em 2005, o Pablo, um amigo que jogou aqui, me chamou para jogar no Ji-Paraná - disse.

 

"O canhão do Norte" Cezar Costa (Vídeo: YouTube)

Em Rondônia, Cezinha ascendeu e virou ídolo. Logo no seu primeiro ano no norte do Brasil, chegou a final do Estadual com o Ji-Paraná, fez um gol de pênalti no primeiro jogo, mas, no segundo, o time acabou sendo derrotado pelo VEC. Mesmo com a derrota, naquele ano, Cezinha se tornara o maior artilheiro da história do Campeonato Rondoniense, tendo feito 20 gols ao longo da competição. No ano seguinte, em 2006, Cezinha passou a atuar pela Ulbra, time da mesma cidade.

Na Ulbra, Cezinha foi campeão estadual em 2006 - artilheiro do campeonato com 16 gols -, 2007 e 2008.

- Um jogo histórico foi a final [em 2007] contra o time de Jaru [o Jaruense] que estávamos perdendo e entrei e fiz 3 gols. Foi muito bom, pois perdemos o primeiro jogo em Jaru e na volta, ganhamos. Foi um jogo histórico - lembra Cézar.

 

Timão da Ubra-RO (Foto: Arquivo pessoal)
Timão da Ubra-RO (Foto: Arquivo pessoal)

Residindo em Rondônia desde 2005, Cezinha lembra dos pontos altos e baixos de sua carreira no futebol.

- Uma coisa boa foi fazer muitas amizades e uma coisa ruim, foi uma lesão que tive na fíbula na Coreia - revela.

Cezinha decidiu encerrar sua carreira no futebol aos 42 anos, quando atuava no Real Ariquemes. Segundo ele, a questão física foi um dos critérios que o levou a tomar a decisão.

- [Eu] Não queria parar, mas a rotina, os treinamentos e as dores musculares [fizeram parar] - disse.

 

 

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Jovem atleta morre de Coronavírus após 24 dias na UTI em Porto Velho
• Ariel, o Craque do Vilhenense não faz mais parte do elenco, relata em sua rede social
• FAMA: Os 10 rondonienses mais famosos no Mundo segundo o Google Trends

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: alexandrejaba1@hotmail.com

© 2020 - Todos os direitos estão reservados - Cezinha, maior artilheiro do Campeonato Rondoniense, relembra sua trajetória no futebol - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco