América Mineiro   Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Bragantino   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cuiabá   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Grêmio   Internacional   Juventude   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Avaí   Botafogo   Brasil - RS   Brusque   Confiança   Coritiba   CRB   Cruzeiro   CSA   Goias   Guarani   Londrina   Náutico   Operário-PR   Ponte Preta   Remo   Sampaio Corrêa   Vasco   Vila Nova   Vitória  
4

Presidente do Vilhenense explica motivos da desistência do Estadual e fala sobre o futuro do clube

 
Waldir Kurtz assegurou que o clube irá disputar o Campeonato Brasileiro Série D
06/06/2020 00h00, Folha do Sul / Rogério Perucci
 
20 Vilhenense fora do estadual 2020 (Foto: Arquivo Pessoal)
Vilhenense fora do estadual 2020 (Foto: Arquivo Pessoal)

Esta semana o anúncio da desistência do Vilhenense da sequência do Campeonato Rondoniense 2020 surpreendeu torcedores e imprensa, afinal, o Leão é o atual campeão estadual e liderava o Grupo B com 14 pontos. Estava a um empate da classificação para a semifinal.

Na tarde de ontem, quinta-feira 04, a reportagem do FOLHA DO SUL ONLINE conversou com o fundador e presidente do Vilhenense Esportivo Clube, o empresário Waldir Kurtz, que elencou os motivos que o levaram a decidir pela retirada do time da competição, sobre a Série D do Campeonato Brasileiro e sobre o futuro do clube.

Waldir Kurtz afirmou que quando surgiram as primeiras conversas sobre uma possível paralisação do Estadual, ele sugeriu uma adequação ao calendário de maneira que possibilitasse o término da fase de grupos antes da interrupção. “Faltavam apenas três rodadas, minha ideia era jogar quarta/domingo/quarta, e estaria concluída a primeira fase; não me ouviram”, lamentou o dirigente.

Kurtz afirmou que, mesmo com as atividades paralisadas, os gastos permaneceram altos, tornando inviável, diante do cenário de incertezas, a manutenção do elenco e comissão técnica. E o clube desmanchou o time. “A Federação marcou para novembro o retorno do estadual, mas que garantias nós temos de que tudo isso tenha acabado até lá?”, questiona.

O presidente revelou que cogita a possibilidade de pedir junto a FFER, o afastamento do Vilhenense por dois anos. Kurtz afirmou que planeja, neste período, investir em um centro de treinamento e focar nas categorias de base, na formação de atletas. “A base sempre foi o meu sonho, mas me empolguei e comecei o projeto pelo teto”, disse o dirigente se referindo ao departamento de futebol profissional. “Mas, eu não me arrependo do que eu faço, fomos vitoriosos, conquistamos dois títulos (profissional e sub-20); meu arrependimento é pelo que eu não fiz: focar na base; mas eu vou corrigir isso”, pontuou. 

Sobre o Campeonato Brasileiro Série D, Kurtz garantiu que, em si confirmando a realização da competição nacional, o Vilhenense irá disputar. No entanto, o elenco terá uma base de jovens atletas do Sub-20. “Estamos encarando a Série D como uma vitrine para os nossos atletas, e por isso vamos dar oportunidade a jogadores jovens; claro que teremos alguns atletas experientes, mas a nossa ideia é trabalhar com atletas jovens”, afirmou.
 

 

Presidente do Vilhenense Sr. Waldir Kurtz (Foto: Arquivo Pessoal)
Presidente do Vilhenense Sr. Waldir Kurtz (Foto: Arquivo Pessoal)

Ainda sobre a Série D, o dirigente acredita que a CBF deva promover modificações na forma de disputa. O empresário ver a possibilidade de apenas uma adequação ao calendário, com jogos no final e no meio de semana, muito prejudicial aos clubes, principalmente da região Norte do Brasil, onde as distâncias são grandes e a oferta de vôos pouca. E citou como exemplo o caso do próprio Vilhenense que precisa viajar 12 horas de ônibus até Várzea Grande-MT ou Porto Velho, para pegar o vôo. “Imagina a gente jogar no domingo, retornar para Vilhena nestas condições e já ter jogo na quarta; não teria tempo nem pra descansar, imagine treinar”, pontuou. 


Finalizando a conversa, o dirigente disse que assim como muitas pessoas que manifestaram tristeza pela saída do Vilhenense do Estadual, ele também está triste, mas assegurou que a decisão foi tomada com serenidade. “Minhas decisões são sempre tomadas com base em muita análise, e eu sei que isso é o melhor para o clube neste momento”, finalizou.        
 

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Avaliação e Parceira entre Atlético Goianiense e Júnior Lopes será dia 20 e 21 de agosto em PVH
• Diretoria do Real Ariquemes empresta vários jogadores do Sub-20 para equipes da Série B
• Real Ariquemes conquista o Tricampeonato Rondoniense Sub-20

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: [email protected]

©2022 - Todos os direitos estão reservados - Presidente do Vilhenense explica motivos da desistência do Estadual e fala sobre o futuro do clube - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar | CNPJ.: 41. 193. 592/0001-92

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco