Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Botafogo   Bragantino   Ceará   Corinthians   Coritiba   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Goias   Grêmio   Internacional   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Vasco   América Mineiro   Avaí   Botafogo-SP   Brasil - RS   Chapecoense   Confiança   CRB   Cruzeiro   CSA   Cuiabá   Figueirense   Guarani   Juventude   Náutico   Oeste   Operário-PR   Paraná   Ponte Preta   Sampaio Corrêa   Vitória  

Bruno Costa defende protocolo de segurança para retomada dos jogos em Rondônia

 
O rondoniense falou sobre sua experiência no futebol dos EUA e defendeu a segurança nos treinos.
22/06/2020 21h23, Juan Rodrigues, CBN Porto Velho
 
20 Bruno Costa, rondoniense, Chefe de Escotismo dos Terremotos de San Jose (Foto: MLS/Divulgação)
Bruno Costa, rondoniense, Chefe de Escotismo dos Terremotos de San Jose (Foto: MLS/Divulgação)

O rondoniense Bruno Costa, diretor do Departamento de Scouting e Observação de Atletas do San Jose Earthquakes, na Califórnia (EUA), umas das principais equipes da MLS, declarou em entrevista à rádio CBN Porto Velho que defende a elaboração do protocolo de segurança para o retorno dos jogos em Rondônia, como forma de prevenção ao coronavírus.

- Acredito que as federações e clubes de Rondônia tomaram a decisão correta de ter protelado o campeonato pra novembro. É um momento incerto e a gente tem que ter responsabilidade. A saúde é o mais importante agora e ter um retorno com todo um protocolo.

Perguntado sobre sua realidade nos EUA para voltar aos jogos de maneira segura, Bruno citou a testagem dos atletas e a realização de jogos de portões fechados.

Destacou também a importância da segurança nos treinos, seguindo a recomendação que os atletas participem de um treinamento de readaptação física. Na sua liga Bruno explica que o campo foi dividido em quadrantes, onde treinam somente quatro jogadores por vez.

Contratação de atletas

Bruno é responsável pelo departamento de análise de mercado para a contratação de atletas, com a pandemia do novo coronavírus ele passou a usar cada vez mais a tecnologia para continuar o monitoramento de atletas e observar outros jogadores.

- Tem duas plataformas que a gente utiliza muito, onde consigo online acompanhar mais de 180 países, mais de 170 mil jogadores através de vídeos de partidas. Então a gente usou esse período aí dos últimos três meses para continuar esse monitoramento de atletas. O mercado mudou.

Mesmo com as modificações e adaptações na rotina, Bruno segue otimista com o futebol nos EUA. A expectativa é que daqui cinco anos o futebol se torne o segundo esporte do país, atrás apenas do futebol americano.

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Tiago Batizoco com 99,9% de chances de assumir o Porto Velho F.C
• Vasco e Porto Velho realizará amistoso ao vivo pela TV Vasco nesta quarta feira
• SBT fecha com o Flamengo e anuncia transmissão da final do Carioca às 21h

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: alexandrejaba1@hotmail.com

© 2020 - Todos os direitos estão reservados - Bruno Costa defende protocolo de segurança para retomada dos jogos em Rondônia - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco