América Mineiro   Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Bragantino   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cuiabá   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Grêmio   Internacional   Juventude   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Avaí   Botafogo   Brasil - RS   Brusque   Confiança   Coritiba   CRB   Cruzeiro   CSA   Goias   Guarani   Londrina   Náutico   Operário-PR   Ponte Preta   Remo   Sampaio Corrêa   Vasco   Vila Nova   Vitória  
4

TJD condena atleta até o final do estadual, e absolve massagista que jogou água no rosto do árbitro

 
Vejam a súmula do árbitro Jonathan Antero
13/05/2021 17h08, Blog Umas e Outras/ LCP
 
20 Futebol Rondoniense 2021 (Foto: Divulgação)
Futebol Rondoniense 2021 (Foto: Divulgação)

A Justiça realmente é cega, surda e muda. Falo da Justiça Desportiva, especificamente do nosso TJD-Tribunal de Justiça Desportiva de Rondônia. Novos membros, novo tempo, novo normal (?), tinha que aparecer essa expressão.

Pois bem, a primeira sessão de julgamentos nesta quinta(6), reunidos 7(sete) operadores das leis - cinco auditores, um procurador e um defensor dativo -, para julgar 6(seis) processos. Dentre esses vou destacar justamente os processos da partida entre: Barcelona e União Cacoalense, dia 28/04/2021 (?) lá está 2020.

Outro destaque, o Procurador dividiu os três casos de expulsões desta partida em três processos distintos. Até ai tudo bem. Uma coisa que chama atenção é quanto a aplicação de pena aos Réus.

Vejamos

Cristiano Lopes/atleta do União Cacoalense - Art. 254-II e 243-F

Absolvido por maioria (Art.254-II), condenado e convertido em advertência (Art. 243-F)

Rogério Ferreira dos Santos/massagista do União Cacoalense - Art. 243-F, 258 e 254-A.

Absolvido por maioria, vale repetir ABSOLVIDO em todos os artigos em que estava incurso.

Roberto Junior Contin da Silva/atleta do Barcelona - Art. 254

Por decisão unânime o tribunal decide condenar o Réu em seis(6) partidas no Art. 254-A.

Agora vamos a dosimetria do velho Cancão

Como falei no início: cega, surda e muda, penso que dona Thêmis passou foi longe de inspirar nossos bravos Auditores na quinta-feira p.p; leiam o que fez o massagista contra o árbitro jogou água no rosto do Homem do Apito e, fora incurso em três(3) artigos do CBJD.

E mais..., esse fato aconteceu ao final do primeiro tempo, enquanto isso o atleta Roberto Junior entrou com força excessiva aos 38' do 2º tempo e pegou vermelho direto - o atleta adversário atingido, permaneceu no jogo.

E mais...,

O Art. 254 - Praticar jogada violenta, a pena é de um a seis jogos. Já o Art. 254-A - Praticar agressão física, a pena é de 4 a 12 jogos.

Enfim, tem alguma coisa que não bate por ai. E o Juninho permanecer essa decisão ele só volta no último jogo da final - caso o Barcelona FC chegue lá.

 

Composição do TJD dia 06/05/2021 (Foto: TJD)
Composição do TJD dia 06/05/2021 (Foto: TJD)

 

Vejam a súmula do árbitro Jonathan Antero (Foto: Sumula do jogo)
Vejam a súmula do árbitro Jonathan Antero (Foto: Sumula do jogo)

 

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Equipe de Porto Velho embarcou para Goiânia para realização de amistosos
• Rondoniense Sub-17/2022: Dez clubes participam da competição
• Solimões e Curitiba decidem taça de futsal em Ji Paraná nesta quinta feira (15)

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: [email protected]

©2022 - Todos os direitos estão reservados - TJD condena atleta até o final do estadual, e absolve massagista que jogou água no rosto do árbitro - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar | CNPJ.: 41. 193. 592/0001-92

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco