América Mineiro   Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Bragantino   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cuiabá   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Grêmio   Internacional   Juventude   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Avaí   Botafogo   Brasil - RS   Brusque   Confiança   Coritiba   CRB   Cruzeiro   CSA   Goias   Guarani   Londrina   Náutico   Operário-PR   Ponte Preta   Remo   Sampaio Corrêa   Vasco   Vila Nova   Vitória  
4

Diretoria do Real Ariquemes protesta contra arbitragem no primeiro jogo da final

 
07/07/2021 20h47, Plantão Esportivo
 
20 Alisson Albino foi entrevistado pelo Plantão Esportivo (Foto: Facebook)
Alisson Albino foi entrevistado pelo Plantão Esportivo (Foto: Facebook)

O diretor de futebol do Real Ariquemes Álisson Albino falou por telefone no programa Plantão Esportivo desta quarta feira 7, pela Rádio Clube FM 92.3, logo após o térmio do jogo da decisão do campeonato rondoniense 2021 entre Real e Porto Velho, no Gentil Valério.

Álisson, indignado com a arbitragem do Senhor Angleisson Marcos Monteiro e do seu assistente número 1 Adenilson de Souza Barros, que de fato aplicou o cartão amarelo para o camisa 10 Alex, recebendo o terceiro amarelo e a grande polêmica do jogo a expuisão do atacante Daday, no segundo tempo. O que vimos hoje aqui no Valerião foi um absurdo desta arbitragem, muito ruim, conseguiram estragar o espetáculo do primeiro jogo da final, confesso que eles são arbitros que não tem condições nem de apitar jogos de Sub-15, foi rídiculo o que fizeram com o Real Ariquemes, disse Álisson.

A expulsão do Daday, até agora estamos sem entender o que aconteceu de fato, não teve uma entrada no advesário "maldosa", não teve uma agressão física fora de lance de jogo, então o que aconteceu com o assistente que estava perdido no jogo, invertendo as faltas, os laterais e para piorar a nossa situação, fez com que o Daday fosse expulso, esse árbitro e esse assistente enquato eu Alisson estiver no Real Ariquemes, eles não trabalha em jogos nossos, porque o que fizeram foi covardia com a nossa equipe.

Os cartões amarelos era só para o Real Ariquemes, no entando em uma jogada dividida na bola, ele o árbitro só deu amarelo para o nosso jogador, no caso o Alex, que estava pendurado, e para o jogador do Porto Velho, passou em branco. Poderíamos estar falando somente do jogo, o que aconteceu na grande final entre duas grandes equipes do futebol de Rondônia, mas não, a arbitragem não deixou que isso acontecesse, falou Alisson Albino.

O senhor Angleisson Marcos Monteiro, expulsou a nossa comissão técnica quase toda, a confusão generalizada no nosso banco de reservas, tinha pessoas da comissão do Porto Velho, envolvidos na discusão e não foi expulso, foi um árbitro incompetente. No próximo jogo o árbitro será o Jonathan Antero, do quadro da CBF, tem nosso total respeito e admiração, tenho certeza que saberá conduzir um jogo de final de campeonato, concluíu o diretor de futebol do Real Ariquemes.

 

 

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Equipe de Porto Velho embarcou para Goiânia para realização de amistosos
• Rondoniense Sub-17/2022: Dez clubes participam da competição
• Solimões e Curitiba decidem taça de futsal em Ji Paraná nesta quinta feira (15)

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: [email protected]

©2022 - Todos os direitos estão reservados - Diretoria do Real Ariquemes protesta contra arbitragem no primeiro jogo da final - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar | CNPJ.: 41. 193. 592/0001-92

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco