América Mineiro   Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Bragantino   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cuiabá   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Grêmio   Internacional   Juventude   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Avaí   Botafogo   Brasil - RS   Brusque   Confiança   Coritiba   CRB   Cruzeiro   CSA   Goias   Guarani   Londrina   Náutico   Operário-PR   Ponte Preta   Remo   Sampaio Corrêa   Vasco   Vila Nova   Vitória  
4

Espigão denuncia suposta jogadora irregular no Barcelona de Vilhena, durante Estadual Feminino

 
Veja o posicionamento das duas equipes sobre o caso
14/09/2021 16h54, Juan Rodrigues GE, Espigão, RO
 
20 Barcelona bate o Espigão na segunda rodada do Estadual Feminino (Foto: Alexandre Futebol do Norte)
Barcelona bate o Espigão na segunda rodada do Estadual Feminino (Foto: Alexandre Futebol do Norte)

O Espigão protocolou uma notícia de infração contra a equipe do Barcelona de Vilhena pela utilização da jogadora Adelaine na partida entre as equipes pelo Campeonato Rondoniense Feminino. A competição vale vaga para o Brasileiro Feminino A3. Contra o Espigão, a atleta marcou três gols.

Segundo a denúncia, a atleta teria sido expulsa na última rodada do Campeonato Estadual de Futebol Feminino de 2020 no dia 18 de novembro. Portanto, segundo o documento, esta deveria ter cumprido suspensão no campeonato seguinte.

 

Caso Espigão (Foto: Divulgação)
Caso Espigão (Foto: Divulgação)

O Barcelona protocolou pedido de conversão de pena no dia 08 de setembro. No pedido, o clube ressalta que, a punição foi "aplicada pelo árbitro de forma equivocada" e pediu em consideração que "por se tratar de uma categoria amadora, cujo se espera o ano inteiro para a disputa e seria muito ruim para o atleta não poder jogar já que campeonato feminino só tem dois jogos". O ge.globo/ro teve acesso ao documento.

O TJD/RO então despachou sobre o caso em 10 de setembro e converteu a pena em cestas básicas. O documento ainda dá o prazo de cinco dias para o comprimento da entrega das cestas.

 

Despacho do TJD/RO sobre o caso Espigão (Foto: Divulgação)
Despacho do TJD/RO sobre o caso Espigão (Foto: Divulgação)

Mas, apesar do Barcelona ter entrado com pedido, no entendimento do Espigão, não houve tempo hábil para que a atleta entrasse em campo.

O documento ainda afirma que por protocolo "a pena deveria ser cumprida e protocolada na federação, logo após o cumprimento, a entidade maior teria que publicar a decisão de cumprimento de sentença para que atleta estivesse em condições de jogo".

 

Caso Espigão  (Foto: Divulgação)
Caso Espigão (Foto: Divulgação)

O Barcelona alega que a atleta não precisaria esperar os cinco dias para entrar em campo. As cestas básicas foram entregues na Associação Beneficente Fonte de Água Viva, em Vilhena.

 

Jogadora do Barcelona de Vilhena entrega cestas básicas (Foto: Divulgação)
Jogadora do Barcelona de Vilhena entrega cestas básicas (Foto: Divulgação)

 

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• No primeiro jogo da final do duelo do Rondoniense Sub-17 termina empatado
• Rondoniense Caio Barbosa faz o gol do título do Campeonato Sergipano Sub-15
• Dois membros da comissão técnica do Democratas de Valadares teve passagem pelo Real Ariquemes

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: [email protected]

©2022 - Todos os direitos estão reservados - Espigão denuncia suposta jogadora irregular no Barcelona de Vilhena, durante Estadual Feminino - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar | CNPJ.: 41. 193. 592/0001-92

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco