América Mineiro   Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Bragantino   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cuiabá   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Grêmio   Internacional   Juventude   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Avaí   Botafogo   Brasil - RS   Brusque   Confiança   Coritiba   CRB   Cruzeiro   CSA   Goias   Guarani   Londrina   Náutico   Operário-PR   Ponte Preta   Remo   Sampaio Corrêa   Vasco   Vila Nova   Vitória  
4

Morador de Ariquemes adere ao ciclismo, muda de vida e vê região como referência no esporte em RO

 
Em conversa com o ge.globo/ro, Alexandre falou sobre os benefícios que encontrou na prática.
17/11/2021 14h26, Juan Rodrigues GE
 
20 Alexandre Jabá iniciando a prática do ciclismo (Foto: Arquivo Pessoal)
Alexandre Jabá iniciando a prática do ciclismo (Foto: Arquivo Pessoal)

O jornalista Alexandre Jabá, de 46 anos, descobriu a paixão pelo ciclismo no interior do estado de Rondônia. Hoje, é difícil não vê-lo durante a semana separar um tempo para pedalar na cidade de Ariquemes e região do Vale do Jamari. Com a adesão, a perspectiva mudou. Ele viu os 100 kg serem diminuídos e a qualidade de vida aumentar.

O ciclismo mudou completamente minha vida
— Alexandre Jabá
– Eu estava com 105 quilos. Peguei então para valer. Cheguei a fazer em torno de 40 km por dia na BR 421. Cheguei a perder 15 quilos. Foi essencial para mim – disse ao ge.globo/ro.

Hoje, ele abandonou a prática do futebol pelo esporte individual. As peladas do fim de semana foram trocadas pela aventura em cima de duas rodas. Valeu investimento. E inclusive, se experimentar em outros estilos.

 

Deixou a Speed o asfalto, para praticar mountain bike terrão e trilha na mata (Foto: Arquivo Pessoal)
Deixou a Speed o asfalto, para praticar mountain bike terrão e trilha na mata (Foto: Arquivo Pessoal)

– Com o ciclismo eu abandonei o futebol mesmo. Hoje estou com uma bicicleta um pouquinho melhor. Comecei com uma speed, depois passei para mountain bike. Gosto de trilha, do terrão (…) foi um esporte que entrou na minha vida – afirma.

Nascido em São Paulo, Jabá chegou em Ariquemes ainda aos 5 anos. Viu a evolução da cidade. E também acredita na modalidade no Vale do Jamari. Porém, alerta da necessidade de serem lembrados no local.

– Hoje Ariquemes é referência no estado na modalidade. É um local com potenciais maravilhosos. Mas temos que lembrar que os ciclistas treinam na BR 421 mas não tem espaço suficiente para prática do esporte. Corremos riscos de vida. Isso precisa ser visto. Como já foi solicitado – enfatizou.

Apesar de todas as dificuldades, Alexandre é um entusiasta do esporte no local. Ele quer melhoria de estrutura. Porque no pessoal, acredita que o ciclismo traz essa satisfação de bem-estar.

– É um esporte maravilhoso. Eu sempre indico para amigos e familiares. O ciclismo hoje tem adeptos amadores e profissionais em Ariquemes. De todas as idades – finaliza.

 

A Trilha na Famosa Matinha do IML é aventura dos ariquemenses  (Foto: Arquivo Pessoal)
A Trilha na Famosa Matinha do IML é aventura dos ariquemenses (Foto: Arquivo Pessoal)

 

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Brasileiro: Jogos escolares teve a participação de ciclistas de Ariquemes em Aracaju
• 1º Desafio MTB/XCM foi Sucesso organizado pela AECAP, em Ariquemes
• Vem aí: O 1º Desafio dos Fortes de Ciclismo MTB/XCM em Ariquemes

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: [email protected]

©2022 - Todos os direitos estão reservados - Morador de Ariquemes adere ao ciclismo, muda de vida e vê região como referência no esporte em RO - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar | CNPJ.: 41. 193. 592/0001-92

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco