América Mineiro   Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Bragantino   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cuiabá   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Grêmio   Internacional   Juventude   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Avaí   Botafogo   Brasil - RS   Brusque   Confiança   Coritiba   CRB   Cruzeiro   CSA   Goias   Guarani   Londrina   Náutico   Operário-PR   Ponte Preta   Remo   Sampaio Corrêa   Vasco   Vila Nova   Vitória  
4

Ednaldo Rodrigues é eleito Presidente da CBF

 
23/03/2022 13h23, Assessoria CBF
 
20 Ednaldo Rodrigues é o novo Presidente da CBF. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Ednaldo Rodrigues é o novo Presidente da CBF. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Ednaldo Rodrigues é o novo Presidente da CBF. O dirigente foi eleito nesta quarta-feira (23) por unanimidade entre os presentes na votação, que contou com participação das federações estaduais e dos clubes da Séries A e B do Brasileirão. Ele comandará a gestão da entidade pelo quadriênio de 2022 a 2026.

Momentos após a confirmação do resultado, na Casa do Futebol Brasileiro, Ednaldo Rodrigues tomou posse como Presidente da CBF, ao lado de seu Conselho de Administração, que contará com oito vice-presidentes. São eles: Antônio Aquino Lopes, Fernando Sarney, Francisco Noveletto, Hélio Cury, Marcus Vicente, Reinaldo Carneiro Bastos, Roberto Góes e Rubens Lopes. Juntos, eles compuseram a chapa "Pacificação e Purificação do Futebol Brasileiro", que venceu o pleito.

Após tomar posse, Ednaldo Rodrigues deixou uma mensagem de unificação para toda a comunidade do futebol brasileiro, representada pelos presidentes de clubes e federações presentes:

"Que esta entidade seja dos filiados, das federações, dos clubes da Série A, da B, da C, da D, do futebol brasileiro. E que nenhuma interferência externa possa subjugar este trabalho. Neste momento, quero agradecer a todos vocês de uma forma penhorada, por esse apoio, por esse decisivo não ao preconceito. E dizer que, juntos, queremos construir um futebol brasileiro que seja de pureza, de transparência, em que os clubes possam ter voz, não só votos. Que eles desenhem o que é melhor para todos eles. Que as federações coloquem seus nomes na modernidade do futebol brasileiro", afirmou o Presidente da CBF.

A eleição

Nesta quarta-feira (23), a sede da CBF recebeu os presidentes convidados para participar da Assembleia Geral Eleitoral. Estiveram presentes representantes das Federações Estaduais de Futebol e dos clubes que disputarão as Séries A e B do Campeonato Brasileiro em 2022. Cada dirigente teve direito a um voto, com regras definidas previamente em Assembleia Geral Extraordinária realizada no último dia 7 de março.

Conforme estabelecido, os votos das Federações tiveram peso 3, os clubes da Série A representavam peso 2 e os clubes da Série B tinham peso 1. Todos os votantes escolheram pela chapa "Pacificação e Purificação do Futebol Brasileiro", que era candidata única no pleito. As únicas ausências ficaram por conta da Federação Alagoana de Futebol e da Associação Atlética Ponte Preta. Além de Ednaldo Rodrigues, também foram eleitos os oito vice-presidentes da CBF para os próximos quatro anos, de acordo com a inscrição da chapa regulamentada na última sexta-feira.

Biografia do Presidente

Ednaldo Rodrigues Gomes é natural de Vitória da Conquista, na Bahia, e tem 68 anos. Formado em Ciências Contábeis, tem especialização nas áreas de Auditoria Financeira e de Gestão Administrativa. Sua relação com o futebol começou bem cedo, quando foi jogador de futebol amador nas décadas de 1970 a 1980. Tão logo sua passagem pelos gramados se encerrou, Ednaldo passou a se dedicar à administração esportiva.

Sua primeira experiência foi como Presidente da Liga Conquistense de Desportes Terrestres. No ano de 1992, Ednaldo Rodrigues passou a ser Diretor do Departamento do Interior da Federação Baiana de Futebol (FBF) até o ano 2000. O trabalho o levou à Presidência da FBF, cargo que assumiu em 2001 e para o qual foi reeleito em outras duas oportunidades.

A passagem de Ednaldo Rodrigues pela Federação Baiana ficou marcada pela forte defesa dos interesses do futebol baiano e regional, em meio à capacidade de diálogo e de coalizão com as demais federações. Foi um dos maiores defensores da Copa do Nordeste, liderou a reformulação no campeonato estadual da Bahia, além de ter investido no fortalecimento do futebol feminino e nas categorias de base. Ednaldo Rodrigues permaneceu na presidência da federação até 2018, quando passou a ocupar a cadeira de vice-presidente da CBF.

No cargo de vice-presidente da entidade nacional, Ednaldo Rodrigues seguiu trabalhando por um futebol mais justo, principalmente com as regiões que mais precisavam de investimento. Orgulhoso de sua origem nordestina e de ser um dirigente negro, sempre teve sempre atuação destacada na área social por meio de projetos do futebol.

No ano de 2019, ele foi homenageado pela Assembleia Legislativa da Bahia. Ednaldo Rodrigues recebeu dos parlamentares a Comenda Dois de Julho, maior honraria do Legislativo da Bahia, entregue a pessoas que contribuíram com o desenvolvimento do Estado. Ele a recebeu justamente pelos serviços prestados à frente do futebol baiano.

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Ariquemense Reinaldo em Wembley, acompanhando Inglaterra e Alemanha pela Liga das Nações
• De Rondônia para o Mundo; Mycael goleiro da Seleção Brasileira Sub-20 é destaque contra Argentina
• Com sucesso de público terminou a BFExpo 2022, maior feira de futebol da América Latina

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: [email protected]

©2022 - Todos os direitos estão reservados - Ednaldo Rodrigues é eleito Presidente da CBF - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar | CNPJ.: 41. 193. 592/0001-92

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco