América Mineiro   Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Bragantino   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cuiabá   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Grêmio   Internacional   Juventude   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Avaí   Botafogo   Brasil - RS   Brusque   Confiança   Coritiba   CRB   Cruzeiro   CSA   Goias   Guarani   Londrina   Náutico   Operário-PR   Ponte Preta   Remo   Sampaio Corrêa   Vasco   Vila Nova   Vitória  
4

Caso Yan Philippe do Porto Velho será julgado nesta terça feira pelo TJD-RO

 
Transmissão ao vivo pelo Site Plantão Esportivo
04/04/2022 13h17, Plantão Esportivo/ Informações GE Juan Rodrigues
 
20 Yan expulso contra o Porto Velho em 2021, e não cumpriu os dois jogos de suspensão. (Foto: Divulgação)
Yan expulso contra o Porto Velho em 2021, e não cumpriu os dois jogos de suspensão. (Foto: Divulgação)

Tudo começou em 8 de março. Nesta data, o União Cacoalense protocolou uma notícia de infração disciplinar contra o Porto Velho. O motivo seria a escalação, dada como irregular, do atacante Yan Phillipe na primeira rodada do Campeonato Rondoniense contra o Rondoniense pela locomotiva tricolor. O Rondoniense também havia protocolado o pedido, segundo eles.

O que foi colocado em cheque foi a legalidade do atleta na partida inicial. Yan Philippe havia sido expulso quando atuava pelo Rondoniense contra o Porto Velho em 2021 - o que consta nas súmulas -, pegou dois jogos de suspensão e multa de R$ 200.

Portanto, o Porto Velho entendeu que o atleta estaria apto a entrar em campo pela estreia do estadual, por ter ficado de fora de duas partidas do Campeonato Rondoniense 2021. Para os reclamantes, Yan deveria cumprir a suspensão após o julgamento.

Em um primeiro momento, o Tribunal de Justiça Desportiva, de Rondônia (TJD/RO), em um primeiro momento, rejeitou o pedido.

Porém, o União Cacoalense pediu reconsideração. O pedido concluía que o impedimento ao acesso à justiça da entidade federada é prejudicial à própria competição não apenas à equipe noticiante. O TJD/RO portanto reconsiderou e houve o julgamento.

Do lado do Rondoniense, a manifestação veio através de nota oficial à imprensa. Nela, o clube explica a cronologia do caso e afirma que o atleta, expulso contra o Porto Velho em 2021, cumpriu suspensão automática no jogo posterior contra o Real Ariquemes e não foi escalado diante do Genus, na última rodada do campeonato em questão por ter rescindido com o clube.

No dia 22 de março, o Tribunal de Justiça Desportiva de Rondônia (TJD/RO) decidiu pelo arquivamento da denúncia contra o Porto Velho. A decisão foi unânime por 5 a 0 em favor da locomotiva.

Por tabela, o Porto Velho manteve os pontos ganhos no gramado. O tricolor corria risco de perda de seis pontos em caso de punição.

Após o resultado, o União Cacoalense entrou com recurso junto ao Pleno do TJD/RO e o julgamento foi marcado para esta terça-feira (5), durante a manhã.

Enquanto isso, o Departamento de Competições da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) decidiu pela suspensão das primeiras partidas das semifinais do Campeonato Rondoniense. Isto para esperar o julgamento no TJD/RO. O que pode causar mudanças no chaveamento do Campeonato Rondoniense.

Hoje, pelo ranqueamento final da primeira fase da competição, o Real Ariquemes terá pela frente o Genus nas semifinais, equivalentes ao segundo turno. Já o Porto Velho encara o União Cacoalense.

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Jonathan Antero apita grande final do Rondoniense Sub-17 nesta quarta feira (30).
• No primeiro jogo da final do duelo do Rondoniense Sub-17 termina empatado
• Rondoniense Caio Barbosa faz o gol do título do Campeonato Sergipano Sub-15

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: [email protected]

©2022 - Todos os direitos estão reservados - Caso Yan Philippe do Porto Velho será julgado nesta terça feira pelo TJD-RO - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar | CNPJ.: 41. 193. 592/0001-92

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco