América Mineiro   Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Bragantino   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cuiabá   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Grêmio   Internacional   Juventude   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Avaí   Botafogo   Brasil - RS   Brusque   Confiança   Coritiba   CRB   Cruzeiro   CSA   Goias   Guarani   Londrina   Náutico   Operário-PR   Ponte Preta   Remo   Sampaio Corrêa   Vasco   Vila Nova   Vitória  
4

Endrick vibra com título na Seleção sub-17; Atacante de 15 anos foi artilheiro e melhor jogador

 
19/04/2022 07h57, Redação do ge Montaigu, França
 
20 Artilheiro e melhor jogador, Endrick repercute conquistas no Torneio de Montaigu (Foto: Divulgação)
Artilheiro e melhor jogador, Endrick repercute conquistas no Torneio de Montaigu (Foto: Divulgação)

Ao lado de Luiz Guilherme, seu companheiro de Palmeiras, Endrick brilhou intensamente na conquista da seleção brasileira sub-17 no torneio de Montaigu. Ele marcou um dos gols da final e sofreu pênalti nos 2 a 1 contra a Argentina, nesta tarde de segunda, pela final da competição na França.

Aos 15 anos - Endrick completa 16 anos em 21 de julho -, o garoto fez cinco gols em quatro jogos e terminou como artilheiro e melhor jogador da competição. Dois prêmios individuais que carrega para o Brasil, mas não mexem com a cabeça do jovem jogador.

Endrick, atacante do Palmeiras e da seleção brasileira sub-17, assina camisa no fim do jogo do Brasil  (Foto: Julien Zajac)
Endrick, atacante do Palmeiras e da seleção brasileira sub-17, assina camisa no fim do jogo do Brasil (Foto: Julien Zajac)

- É coisa de Deus. Inexplicável o que está acontecendo na minha vida. Mas o mais importante é ficar com a cabeça no lugar. Manter minha humildade. Não me exaltar com nada, por ter sido melhor jogador e artilheiro também. Isso tudo a equipe me ajudou, se não fosse eles não teria conquistado. Foi incrível para mim, não imaginava jogar tão bem assim por causa das expectativas, mas eu não ligo tanto. Graças a Deus pude fazer boa competição e terminar assim - comentou o jovem jogador, muito lúcido, em entrevista divulgada pela CBF.

O entrosamento com o companheiro Luiz Felipe, camisa 10 e um dos destaques da conquista, é natural, explicou Endrick. Os dois jogam juntos na base do Palmeiras e têm amizade fora de campo.

Em campo, o jovem atacante palmeirense também chamou a atenção por tentar apartar o princípio de briga entre argentinos e brasileiros no apito final.

- Preciso agradecer muito também aos meus pais. Meus pais falam bastante para não brigar, para sempre ajudar a tirar a briga. Infelizmente aconteceram coisas no jogo que foram lamentáveis para o espetáculo e eu pude também ajudar a tirar um pouco da briga. Isso eu tento colocar a mais na minha carreira - comentou Endrick.

A delegação da seleção brasileira retorna nesta tarde para o Brasil. Foi a segunda conquista no tradicional torneio de Montaigu - a primeira foi em 1984. A competição também foi a primeira disputada pelo novo treinador Phelipe Leal, campeão mundial na categoria como auxiliar de Guilherme Dalla Dea em 2019, na Copa do Mundo sediada pelo Brasil.

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Paratleta rondoniense é campeão no Mundial Escolar na França
• Convocação da Seleção: Tite chama Danilo, do Palmeiras, e dá nova chance a Gabriel Jesus; veja lista
• Judoca rondoniense é convocado para o Mundial Escolar na França

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: alexandrejaba1@hotmail.com

©2022 - Todos os direitos estão reservados - Endrick vibra com título na Seleção sub-17; Atacante de 15 anos foi artilheiro e melhor jogador - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar | CNPJ.: 41. 193. 592/0001-92

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco