América Mineiro   Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Bragantino   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cuiabá   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Grêmio   Internacional   Juventude   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Avaí   Botafogo   Brasil - RS   Brusque   Confiança   Coritiba   CRB   Cruzeiro   CSA   Goias   Guarani   Londrina   Náutico   Operário-PR   Ponte Preta   Remo   Sampaio Corrêa   Vasco   Vila Nova   Vitória  
4

Musa do Cruzeiro e apaixonada por cavalos Thayná Fabri, assassinada pelo ex-namorado em MG

 
01/06/2022 08h46, Lucas Soares e Vélber Viana, g1 Sul de Minas e EPTV 1
 
20 Thayná Fabri, assassinada pelo ex-namorado em MG (Foto: Arquivo Pessoal)
Thayná Fabri, assassinada pelo ex-namorado em MG (Foto: Arquivo Pessoal)

A jovem Thayná Fabri, de 24 anos, morta pelo ex-namorado com um tiro no peito no local em que trabalhava em Varginha (MG), era musa da torcida do Cruzeiro e apaixonada por cavalos. O velório dela, nesta terça-feira (31), foi marcado por muita comoção de familiares e amigos.

A Cláudia convivia diariamente com Thayná, já que trabalha próximo ao comércio da família. A alegria da amiga é a memória mais forte que ela vai guardar.

"Todo dia ela estava alegre, mas naquele dia ela estava mais pra cima, brincando, lavando o sacolão, a gente até brincou com ela, vamos comprar cartela e ela falou assim, brincou, hoje não. Aí a gente veio almoçar e logo veio a notícia", disse a vendedora Cláudia Batista.

 

Cavalo de Thayná,
Cavalo de Thayná, "Tokyo", foi levado ao velório por amigas (Foto: Devanir Gino / EPTV)

Homenagem do time do coração

Durante o velório, a NAV, Nação Azul Varginhense, estendeu bandeiras como forma de homenagear a cruzeirense apaixonada. Thayná acompanhava a torcida organizada local em jogos do Cruzeiro em vários estados e era muito querida pelos amantes do time da capital.

"Não tem quantidade de qualidades aqui para identificar o que a é pra gente, significa muito, sempre nos acompanhou no Mineirão, sempre que podia tava ali junto com a gente, guerreira. A gente tem passagens históricas, títulos conquistados no Rio, São Paulo, Belo Horizonte, junto, era uma menina que o amor dela pelo Cruzeiro era inexplicável", disse o presidente da NAV, Achilles Júnior.

A torcida do Cruzeiro prevê novas homenagens à eterna musa. "Dia 8 de junho, no jogo contra o CRB em uma quarta-feira, nós vamos fazer um minuto de silêncio, vamos colocar a imagem dela no telão, a gente vai colocar uma faixa de frente pra TV".

"Homem nenhum é dono de mulher", concluiu Achilles Júnior, presidente da Nação Azul Varginhense.

Ciúmes pela presença da jovem em um show no fim de semana teria motivado crime em Varginha  (Foto: Reprodução)

Ciúmes pela presença da jovem em um show no fim de semana teria motivado crime em Varginha (Foto: Reprodução)

Segundo a Polícia Militar, o ex-namorado da vítima atirou na jovem e se matou em seguida.

Thayná Fabri foi morta com um tiro no peito esquerdo. Antes de cometer o crime, o ex-namorado dela, o bombeiro hidráulico Paulo César Júnior, se passou por um cliente do local onde ela trabalhava com o pai, um varejão. Ele teria ligado momentos antes do crime para pedir uma entrega, o que fez com o que o pai dela saísse e ela ficasse sozinha no local.

Conforme apurado pela EPTV Sul de Minas, Afiliada Rede Globo, a jovem já vinha sofrendo ameaças do ex e teria terminado com ele após ser agredida. A presença dela em um show no fim de semana teria sido o motivo pelo qual ele decidiu matá-la.

Segundo informações de testemunhas, a jovem terminou o relacionamento há cerca de um mês e desde então era perseguida por Paulo, que não teria aceitado o fim do namoro. Thayná já havia registrado boletins de ocorrência contra ele.

Postagem antes do crime
A família de Paulo César Júnior, que se matou após atirar em Thayná, também estava bastante comovida no velório. A família disse que ele enfrentava um quadro de depressão e que ficava isolado em seu quarto e fazia uso de medicamentos.

Horas antes do crime, ele postou uma mensagem nas redes sociais se despedindo da família e dos amigos.

"Minha mente transborda de ódio a cada dia que passa. Então antes que isso me domine, eu coloco um ponto final", disse Paulo em um dos trechos.

Segundo a Polícia Militar, os indícios apontam para o fato do crime ter sido premeditado. Thayná deixa um filho de 7 anos de idade.

 

Apaixonada pelo Cruzeiro  (Foto: Redes sociais )
Apaixonada pelo Cruzeiro (Foto: Redes sociais )

 

 

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• Série D: Porto Velho vence de virada prevalecendo a lei do ex e se matém vivo na competição
• Festival de Futebol encerra etapa de capacitação do Projeto Gol do Brasil em Rondônia
• Na vitória do Tricolor no Choque-Rei, empresário palmeirense de Rondônia esteve no Morumbi

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: [email protected]

©2022 - Todos os direitos estão reservados - Musa do Cruzeiro e apaixonada por cavalos Thayná Fabri, assassinada pelo ex-namorado em MG - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar | CNPJ.: 41. 193. 592/0001-92

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco