América Mineiro   Athletico Paranaense   Atlético Goianiense   Atlético Mineiro   Bahia   Bragantino   Ceará   Chapecoense   Corinthians   Cuiabá   Flamengo   Fluminense   Fortaleza   Grêmio   Internacional   Juventude   Palmeiras   Santos   São Paulo   Sport   Avaí   Botafogo   Brasil - RS   Brusque   Confiança   Coritiba   CRB   Cruzeiro   CSA   Goias   Guarani   Londrina   Náutico   Operário-PR   Ponte Preta   Remo   Sampaio Corrêa   Vasco   Vila Nova   Vitória  
 
Radio 4

Flamenguista agredido diz que entrou por engano no setor de palmeirenses:"Fiquei com medo de morrer"

 
Acreano, Matheus Menezes, 25 anos, conta que era a primeira vez que estava em um estádio de futebol
22/08/2022 17h21, Kelton Pinho GE Rio Branco, AC
 
20 Torcedor do Flamengo infiltrado na torcida do Palmeiras tem camisa rasgada (Foto: Reprodução)
Torcedor do Flamengo infiltrado na torcida do Palmeiras tem camisa rasgada (Foto: Reprodução)

Após ser agredido nas arquibancadas do Allianz Parque, em São Paulo, durante Palmeiras x Flamengo, no último domingo, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, o acreano e acadêmico de direito Matheus Menezes, 25 anos, contou detalhes dos momentos de terror que passou dentro do estádio.

Matheus Menezes diz que entrou no setor destinado à torcida do Palmeiras por engano e que a intenção não foi ofender os palmeirenses. O episódio aconteceu por volta dos 15 minutos do primeiro tempo, quando as equipes ainda empatavam sem gols.

Entrei por engano na torcida do Palmeiras juntamente com meu irmão e um amigo. Foi minha primeira vez em um estádio, na verdade decidimos ir ao estádio na noite anterior, já que estava em São Paulo na casa do meu irmão. Em nenhum momento premeditei entrar lá para zombar deles, querer dar uma de engraçadinho ou coisa assim. Não sabíamos que o ingresso nos levaria para a torcida organizada. Era tudo novo para mim – afirmou, em entrevista ao ge.


Matheus Menezes diz que não conseguiu se explicar para os torcedores no momento da confusão e que temeu pela própria vida. Ele conta que estava com uma camisa na cor cinza escura com a sigla CRF (Clube de Regatas Flamengo), mas não estava visível pelo lado de fora.

Estávamos de moletom preto. Eles já começaram a enquadrar a gente, sem deixar a gente se explicar. Eu só queria sair dali quando vi aquela confusão. Fiquei com medo de morrer, mas graças a Deus estamos bem. Deus nos livrou. Só queríamos assistir ao jogo sem confusão com ninguém destaca.

Era uma camisa cor cinza bem escuro com sigla CRF, não estava nada à mostra. Meu irmão conseguiu me arrastar de lá e fomos direto para casa. Só queríamos sair de lá com vida.

Matheus Menezes deixou o estádio logo após a confusão e nem acompanhou presencialmente o restante do jogo, que acabou empatado por 1 a 1.

O Palmeiras divulgou uma nota repudiando as agressões e também a "atitude temerária" do torcedor flamenguista. Os agressores foram identificados pela Polícia Civil.

Apesar das agressões, o acreano garantiu que está bem. De forma online, ele registrou boletim de ocorrência na manhã desta segunda-feira (22).

Veja abaixo a nota do Palmeiras:

O Palmeiras repudia todo e qualquer ato de violência, incluindo a temerária atitude de torcedores adversários que, com o intuito de causar tumulto, infiltraram-se em uma das torcidas organizadas do clube durante o jogo de ontem.

Além de a conduta ser inadequada e gerar riscos em qualquer partida, deve-se ressaltar que, como é de conhecimento público, havia um setor específico destinado à torcida visitante.

Prezando pelo bem-estar dos presentes nos jogos no Allianz Parque, o Palmeiras reprimiu imediatamente a conduta dos envolvidos, colaborou com os órgãos de segurança pública, que já realizaram a identificação de todos, e está tomando as medidas punitivas pertinentes.

 

/comentários

O comentário não representa a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

/notícias relacionadas

• IMPRENSA: Credenciamento para Real Ariquemes x Santana (AP) pela Copa do Brasil Sub-20
• Seleção de Porto Velho tem dez atletas aprovados em Goiás
• Ariquemense dono do rapomóvel comemora acesso do Cruzeiro de volta a Série A

Compartilhe você também:

Contato: Jornalista Alexandre Jabá - DRT 1357 Telefone/Whatsapp: (69) 98487-3042 ou pelo e-mail: [email protected]

©2022 - Todos os direitos estão reservados - Flamenguista agredido diz que entrou por engano no setor de palmeirenses:"Fiquei com medo de morrer" - Plantão Esportivo - A notícia em 1º lugar | CNPJ.: 41. 193. 592/0001-92

Quem somos | Política de Privacidade | Fale conosco